fbpx

Ter um centro médico com uma sala de espera frequentemente lotada não é sinônimo de sucesso. Muitas clínicas confundem o fato de terem uma grande rotatividade de pacientes com a eficiência em atendimentos e acabam se prejudicando a longo prazo por não solucionarem esse erro crítico.

Neste artigo pontuaremos algumas causas e soluções para sua clínica conseguir manter a alta de pacientes com qualidade.

Causas para baixa de pacientes:

Um dos principais motivos para a grande fila de espera e a consequente perda de pacientes é a falta de agilidade nos agendamentos. Quando um consultório não organiza suas marcações de maneira correta e confiável, as consultas tendem a se coincidirem e gerar desconforto para os pacientes, que aguardam por muito tempo por elas e para os próprios colaboradores do local que precisam lidar com o nervosismo compreensível de quem necessita ser atendido.

Cometer alguns erros de vez em quando no agendamento de uma consulta ou em algum tipo de remarcação é compreensível, pois a grande demanda gera esses imprevistos. No entanto, a frequência nesse quesito leva a difamação e, posteriormente, a perda de pacientes.

Outro motivo para esse quadro é a demora nos atendimentos. Manter a regularidade nos horários das consultas é um dever primordial do centro médico (mesmo sabendo dos prováveis imprevistos). Nós sabemos que por variados motivos os pacientes e os próprios profissionais da saúde se atrasam e por isso a espera tende a ficar mais longa do que a de costume. Porém, a clínica responsável deve tentar regularizar os horários e manter todos cientes do acontecido como forma de mostrar o profissionalismo do estabelecimento.

A demora nos serviços pode ser causada também pela insuficiência no quadro de médicos disponíveis no local em comparação a quantidade de marcações. Certa quantidade de médicos só consegue atender uma dada quantidade de pacientes. Agendar inúmeras consultas sem ter um quadro de funcionários que assista a essa demanda é um fator para a revisão da escala de médicos e de toda logística do local.

A falta de tecnologia nas clínicas também é justificativa para a diminuição de pacientes. Investir em novas plataformas virtuais, sistemas de gestão como o Conclínica, decoração e design modernos é essencial para conseguir passar a ideia de competência no ambiente clínico. Estabelecimentos que deixam de investir em aparatos que dão conforto a quem utiliza, podem ficar para trás no mercado e perder atendimentos.

Por fim, é de extrema importância manter um canal de comunicação com quem utiliza os serviços do consultório para as sugestões e reclamações sejam ouvidas e solucionadas de forma a melhorar o serviço prestado.

Experimente gratuitamente por 15 dias o Conclínica e veja as mudanças em sua clínica, clique aqui.


mm

Ieda Ferreira

Publicitária, redatora, apaixonada por romances e dias de sol. Descobriu na dança uma terapia e, ao ir ao cinema sozinha, a maravilha que é estar em sua própria companhia.

0 comentário

Deixe uma resposta

placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *